Cabelos com franja

As franjas são mais do algo da moda, é também um recurso para as mulheres que queiram tirar a atenção da forma do seu rosto e dar um up no visual. Mas é claro que não basta dividir o cabelo e passar a tesoura! Muitas questões devem ser consideradas.

Uma das primeiras questões ao ser analisadas por quem pensa em aderir à franja é a textura do cabelo. As madeixas precisam estar muito bem hidratadas, pois, caso contrário, ao invés de beneficiar o visual irá prejudicá-lo, que os fios estarão pesados e sem vida, comprometendo toda a sua imagem.

Outro fator que deve ser levado em consideração é a sua personalidade. Há vários modelos de franjas e ela precisa mostrar qual é a sua personalidade, não pode ser apenas um tocha de cabelo à frente da sua testa. Mulheres mais ousadas e estilosas podem facilmente aderir a um modelo mais curto ou navalhado, enquanto as mais tradicionais e recatadas preferem os modelos laterais ou retos.

Ao pensar em fazer uma franja, você também deve ter a consciência da necessidade de retoques. Se você é daquelas que vai ao salão apenas uma vez por ano, talvez uma franja não seja a melhor opção, principalmente se for um corte reto, já que em poucas semanas os fios estarão mais longos e tampando sua visão. Claro que há a opção de colocá-la de lado ou prendê-la para trás conforme cresce, mas se você quer manter o visual com franja por mais tempo, as visitas ao salão precisam ser periódicas.

O mais importante e ponto de partida, entretanto, é o formato do rosto. É preciso aderir a um modelo que beneficie a forma natural que seu rosto possui. Alguns modelos de franja beneficiam mais a determinado formato de rosto do que outro, mas sempre há um que fique bom para cada um.

Franja reta: ideal para quem quer um look clássico. Vai bem com corte chanel ou fios retos compridos. Combina com rosto oval e quadrado com poucos fios para não pesar na expressão. Evite o corte se você tiver o rosto redondo, para não acentuar a bochecha e ficar com cara de bolacha.









Franja desfiada: pode ser curta ou longa, próxima ao queixo. Fica bem com o comprimento desfiado. Combina com rosto quadrado para quebrar os traços marcantes, e redondo para deixar as proporções mais equilibradas. Evite se você tem rosto triangular. Melhor usá-la comprida, para não deixar o queixo pontudo.




 

Franja irregular: fios de tamanhos diferentes, os próximos das laterais da testa devem ser maiores. Combina com o rosto oval, que tem a proporção mais harmoniosa. Evite usar se a sua testa medir mais do que quatro dedos. 






Franja arredondada: moderna, forma um meio círculo suave em frente à testa. Pode ser usada de várias maneiras.  Combina com rosto triangular, pois desvia um pouco a atenção dos ângulos marcados na região do queixo. Evite se você tiver o rosto quadrado, ela vai acentuar o tamanho do maxilar.





Agora que você já sabe todos os fatores que deve avaliar antes ter uma franja, corra para o salão de sua confiança e passe a tesoura!

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário